11 agosto, 2017

Não faça remessas via bitcoins


ATENÇÃO ESSE POST ESTÁ OBSOLETO! Em comunicado do dia 16 de novembro de 2017, o Banco Central do Brasil, deixou claro o veto do uso de moedas virtuais para remessas:

Leia o post abaixo:

https://cabecadebogle.blogspot.com.br/2017/11/remessa-via-bicoins-vetadas-pelo-bc.html









Cada mercado de bitcoins tem sua cotação, não existe uma cotação global, isso é o maior empecilho para remessas.

Aqui você pode acompanhar as cotações dos mercados que negociam em reais:


Os mercados brasileiros estão no geral sempre com spread positivo em relação as cotações no exterior. Deve ter muita gente ganhando com essa arbitragem, fazendo o inverso do que proponho aqui.

Fiz funções no Google Sheets para acompanhar e comparar a cotação do bitcoin do Google Finance - é um bom indicador dos preços no exterior - com a cotação na NegocieCoins.

A NegocieCoins provê um feed JSON com as cotações em:


A função:

function NegocieCoins() {
  var feed = "https://broker.negociecoins.com.br/api/v3/btc/ticker";  
  var jsondata = UrlFetchApp.fetch(feed);  
  var object = JSON.parse(jsondata.getContentText());    
  return object.sell;
}

Comparo com googlefinance("btcbrl")

Quando o spread diminui é uma boa hora de compra. Trabalhe nas ordens de compra para baixar ainda mais o spread. 

A NegocieCoins vai cobrar 0,3% na compra, mais BTC 0,0008 fixos para a transferência de bitcoins para uma carteira externa. Você tem que levar em conta esses custos, além da arbitragem.

Como a cotação dos bitcoins tem subido sistematicamente, em alguns dias ou semanas depois da compra, no geral esses custos são absorvidos. É só ter paciência e esperar o momento certo.

Agora vem o achado. A Lykke, uma fintech na Suíça, que não cobra tarifas, nada, ZERO.

Passei um bom tempo acompanhando as presenças da Lykke no Reddit e no Slack, só observando até ganhar confiança.

Envio os bitcoins para o meu endereço de negociação da Lykke - você pode ter outras carteiras privadas na Lykke também. Lá compro euros com os bitcoins e transfiro para o N26, com uma transferência SWIFT. Tudo sem custos. A transferência SWIFT demora de 2 a 4 dias.

A jornada: Itaú iConta - TED em reais » NegocieCoins - retirada bitcoins » Lykke - SWIFT de euros » N26 - SEPPA de euros » DeGiro » ETFs 

O transferência dos bitcoins da NegocieCoins para a Lykke e a compra de euros é questão de minutos. Da Lykke para o N26 é que dura alguns dias. Do N26 para a Degiro mais 2 dias.

Com tranquilidade tenho conseguido que os recursos cheguem na Degiro sempre no positivo, graças ao bull market feroz nas cotações de bitcoins dos últimos tempos. Ou seja, não gasto nada com remessas e ainda saio com pequenos lucros. Só não pode passar do limite de R$ 35.000,00 mensais, senão você terá que pagar imposto sobre ganho de capital na venda dos bitcoins no exterior.

Update:

Um texto introdutório muito bom em inglês sobre Bitcoins escrito por Ben Yu:

https://medium.freecodecamp.org/cryptocurrency-101-7197684775fd

7 comentários:

  1. Interessante... Vou começar a pesquisar para entrar aos poucos em bitcoin.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja esse link que coloquei no update do texto. Muito bom, recomendo!

      Excluir
  2. Muito interessante, Cabeça de Bogle! Vou pesquisar mais a respeito.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom Boglehead, vou me informar mais a respeito.

    ResponderExcluir
  4. Fala bogle.

    Acabei de entrar no mundo do bitcoin. Comecei com R$ 50,00 só pra tentar entender o funcionamento. Algumas coisas eu entendi outras não, nem sei ainda se o ID da carteira é a tal chave privada kkkk(acho que não) mas, eu praticamente comecei agora e irei aprender ainda...vlw

    Abs
    EQRP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ID é a chave pública. Vai estudando, tem muito material disponível é só parar para dar uma lida! :)

      Excluir