18 abril, 2017

Alocações e Mercados no Exterior



Aqui estão os tamanhos relativos dos mercados globais. Metade da bagaça vão para os Estados Unidos. O Brasil entra nos 12% dos "Emerging Markets".

Concluí a alocação no exterior em 4 ETFs: CSPX (S&P500), CSX5 (Euro Stoxx 50), EIMI (MSCI EM IMI) e IWDA (MSCI World). Todos na London Stock Exchange. Todos pela corretora DeGiro.

De agora em diante vou balancear entre eles, tentando replicar a exposição à imagem acima. Levarei em conta a sobreposição do CSPX (large-cap) e do IWDA (large/mid-cap).

Pendente para avaliação futura - desdobramentos do Brexit: CUKX (FTSE-100)



















17 abril, 2017

Leituras

 






Li estes livros nos últimos 2 ou 3 meses. Um retrato do submundo financeiro global, princialmente finanças offshore - paraísos fiscais, empresas, fundações e trusts.

Estas leituras influenciaram radicalmente minha visão de mundo. A realidade é muito mais dura do que eu poderia imaginar. 

Ouvi o depoimento completo de Marcelo Odebrecht ao juiz Sérgio Moro. Fica claro que toda a engenharia financeira da Lava a Jato é feita através dos paraísos fiscais. Vários políticos receberam os recursos em contas offshores.

Nos livros estão relatadas histórias do mundo inteiro. Como U$ 50 bilhões saem dos países Africanos por ano, com destino a paraísos fiscais.

A corrupção que sangra o nosso país passa por esse sistema. É o ferramental para corruptos e corruptores, através do segredo, da evasão de leis e de tributos, gerirem as fortunas desviadas.

Recomendo demais todos eles!