31 março, 2017

Fechamento de Março 2017 e meses anteriores


Primeiro fechamento que publico. Apenas para renda variável. Minha carteira é composta apenas de ETFs e FIIs:

AtivosTipoMês
BVMF:PIBB11ETF-2,46%
BVMF:IVVB11ETF-1,16%
LON:CSPXETF-0,26%
BVMF:RBRD11FII0,51%
BVMF:SDIL11FII1,14%
BVMF:FIGS11FII0,94%
BVMF:RBGS11FII15,14%



2017Mês Ano
Janeiro3,39%3,39%
Fevereiro3,97%7,50%IBOVIBXL-50
Março-0,40%7,07%7,90%7,78%


Bela estreia, com fechamento negativo de -0,40%. Pela menos fiquei acima dos índices que acompanho: IFIX -0,51%, IBOV -2,59%, IBXL-50 -2,23% e S&P500 -0,81%.



Tenho um projeto de construir uma casa no segundo semestre de 2017, ou início de 2018. Já tenho o terreno quitado, em um condomínio fechado. O TD vai ser usado neste projeto, nem estou acompanhando a rentabilidade. Depois vou recompor com a venda do apartamento onde moro.

A casa será construída em sociedade com minha esposa. Temos um relação de união estável, com separação total de bens.

6 comentários:

  1. opa Bogle, blz?

    O que importa mesmo é o patrimônio, fica tranquilo com essa rentabilidade no vermelho. Em 2015 suportei -15% (-100 mil reais na época). Tem que dissociar a cabeça dos números vermelhos.

    Se vai construir casa prepare-se para MIL imprevistos.Vc faz mts contas e chega num valor X. No final vai gastar 2x e ainda vai faltar coisa (exceto se vc for da área).

    Abriu conta na IB? Ou foi naquela dos Tuga? Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não esquentei o cabeção nem um segundo com a rentabilidade negativa :D

      Conta só na DeGiro mesmo.

      Excluir
  2. Bogle, faço das palavras do Frugal as minhas. O que importa é o patrimônio!

    E em relação a adquirir/construir uma casa, veja que coincidência:fiz um artigo esta semana mesmo sobre todos os custos envolvidos em ser proprietário x locatário de uma casa.

    https://termosreais.wordpress.com/2017/03/30/renting-vs-owning-a-home-beyond-the-mainstream-fairy-tales/

    O cenário que utilizei, por conta da língua de meus posts, é o americano. Mas deixando de lado a moeda, os custos são bem parecidos, principalmente referidos a manutenção, impostos, taxas e etc.

    Aguardo sua visita por lá amigo!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu TR, ainda não li mas a aba já está aberta. Para completar minha agenda estou cursando um mestrado tem duas semanas, então ainda estou me adaptando a nova realidade. Adicionei você :)

      Excluir
  3. Bogle,

    Quanto ao rendimento, nem preciso falar, tanto o Frugal quanto o TR já falaram, desencana.

    Quanto à casa é o seguinte, acabei de construir uma casa novinha pra minha mãe. Uma casa grande, já tínhamos uma casa lá eu só coloquei abaixo e construi de novo porque a antiga era muito velha. Eu gosto de ajeitar as coisas então não foi um problema pra mim analisar a planta, comprar as coisas, ver decoração, jardim, quintal e etc. Os custo quando se faz por conta são menores mas se você não gosta da atividade, vai acabar se aborrecendo um bocado.

    Como o TR disse, a diferença entre construir ou alugar é gigante, tem que saber qual sua situação. No caso da minha mãe, ela mora em região de praia em frente à uma praia e não quer sair de lá então nada melhor que dar uma boa condição pra coroa morar né, neste caso há valor e não preço. A casa construída não foi visando investimentos nem economiza, foi visando o bem estar dela. O valor subjetivo é incalculável.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou totalmente handyman, me meto em tudo! :)

      Eu vou me mudar para um apartamento em frente a obra para acompanhar de perto - esse ap é da minha esposa.

      Além do mais meu sogro é engenheiro civil, vai ajudar bastante.

      O condomínio é na beira da praia. O portão frontal dá na areia da praia. Acredito que será minha casa definitiva. Já temos um entendimento mutuo que será uma casa frugal e funcional.

      Excluir